Combinamos de fazer a viagem o com o equipamento mais leve possível. O costa do Uruguay é muito compatível com bicicletas single-speed, já pedalamos de marchas por lá em 2016. Decidimos usas na viagem as mesmas bicicletas que usamos pra trabalhar na cidade, sem modificações. Isso economizou algum tempo e casou perfeitamente com a nossa despreocupação com roteiro, manutenção, detalhes, prazos ou algo que o valha.

Fui com a minha Fuji Track Classic 2008 Cr-mo, equipada com as bags da Velika e da Eleven Bags (fabricadas artesanalmente em Porto Alegre), além da minha Osprey Talon 22 nas costas. Pedais plataforma sem firma-pé, relação 48×20, guidão riser com bar-ends e pneus Schwalbe Marathon 700×28.

DSC09285Meu equipo:

Dormitório: NA MOCHILA
– saco de dormir lafuma conforto 13ºC / estanque sea to summit 13l
– isolante thermarest
– sobreteto + varetas da Nepal II que dividi com o Jimmy

Cozinha: PENDURADO
– spork
– caneca

Primeiros socorros: BOLSA DE QUADRO
– protetor solar, clorin, esparadrapo, hipoglos, nebacetin, escova de dente e protetor solar

Foto: SACO DE GUIDAO
– camera + 2 lentes + 2 baterias

Eletro: FUEL BAG
– power bank
– carregador
– celular
– headlamp + pilhas

Reparo: BOLSA DE QUADRO
– 2 câmaras reserva
– Canivete Crankbrothers m17
– tarape
– remendos
– bomba
– espátulas

Extra: SACO DE GUIDAO
– opinel
– victorinox
– Aeropress + café

Roupas: MOCHILA
– 2 cuecas
– 1 short
– 2 pares de meia
– 2 camiseta
– 1 thermoskin calça
– 1 fleece
– 1 anorak columbia
– havaiana

Comida: BOLSA DE QUADRO
– 500g de macarrão Somen
– Chimichurri
– Sal
– Merken